sábado, 25 de setembro de 2010

20/09/2010 - Magic Kingdom (segundo dia)

Acordamos bem tarde, 10 horas da manhã, e dessa vez nem foi o Heitor que acordou, ele na verdade queria continuar dormindo (esse preguiçoso). Ainda fomos arrumar nossas coisas e então seguimos para o Downtown Disney (complexo de lojas, restaurantes e entretenimento). A primeira coisa que vimos foi a loja da Lego, tudo bem caro, mas pelo menos tiramos umas fotos bem legais com os bonecos que eles montam na frente da loja. E então nós achamos o World of Disney e realmente lá dentro é um mundo, a loja é enorme e tem muita coisa. É de ficar babando e ficar sofrendo (dá vontade de comprar um de cada).
 
 
Fomos então para o nosso almoço no T-Rex e é impressionante como nós não aprendemos que a gente precisa dividir um prato para nós dois. Comemos sanduíches acompanhados de batatas e ainda pedimos um purê de batatas para o Heitor. No fim o purê sobrou todo e ainda ficou muita batata nos pratos (os pratos aqui realmente são enormes). Mas temos que falar: a comida é muito gostosa e o lugar é sensacional, com uma decoração maravilhosa, ficamos na área do gelo, mas na hora de ir embora passei por todo o restaurante tirando fotos.
 
 
E lá fomos nós para o Magic Kingdom. Era nosso dia de parque com Electrical Parade e Wishes. Chegamos em torno de 14 horas e começa todo o trabalho de “fecha o carrinho, sobre no transfer, desce do transfer, abre o carrinho, prende o Heitor, vai para monorail”...


Chegamos e para nosso desespero o parque estava ainda mais lotado que no fim de semana (eu realmente tinha esperança que não estivesse muito cheio, já que era segunda-feira), mas não teve jeito, o parque parecia um formigueiro.


Entramos na Adventureland e fomos na casa da árvore da tal fábula suíça (é bem bonitinho com várias plantas em volta), depois andamos um pouco pela área, mas estava tudo muito cheio e nós resolvemos já procurar um lugarzinho na sombra para assistir a parada (pela segunda vez), depois de muito andar achamos uma sombrinha e já quase não tinha mais lugar para assistir a parada, estava tudo lotado e sempre tem aquele povo que se acha espertinho e não quer ficar esperando e chega na última hora querendo um bom lugar. O Heitor foi para o canguru e assistiu a parada conosco (acho que foi o que ele mais gostou, tem muita música, personagens e cores).

 

Fomos para fantasyland e o que realmente faltava era a atração da branca de Neve. Ficamos ums 20 minutos na fila, a atração é bem bonita e bem sombria também (mas é basicamente um passeio de carrinho por cenários da história). O Heitor acabou dormindo e nós fugimos para o Hall of Presidents (atração que fala um pouco sobre os presidentes dos EUA), o Vitor estava querendo ir, mas eu estava sem o tradutor e acabei não entendendo nada. Fui lá mesmo só para sair do calor e para o Heitor dormir melhor. Saímos de lá com o Heitor ainda dormindo e fomos para a Mansão Mal-Assombrada, pegamos uma fila de uns 30 minutos e entramos (o Vitor já tinha ido e queria que eu fosse também), fomos nós três (o Heitor ainda dormindo), logo no começo algumas crianças já assustaram e começaram a chorar. Mas nós entramos no nosso carrinho e seguimos o passeio. É bem legal, mas para mim o melhor é a parte quando os fantasmas aparecem numa sala, tem até fantasmas dançando. É muito bem feito.



Começou então um show em frente ao castelo chamado Dream Along with Mickey e nós fomos assistir. É um show lindo e imperdível. Tem os personagens principais (Mickey, Minnie, Pateta e Pato Donald) e ainda conta com Branca de Neve, Cinderela, Bela Adormecida (todas com seus príncipes) e a Turma do Peter Pan.


Saímos de lá para encontrar as princesas, eu queria tirar fotos com elas. O Vitor ficou meio inconformado, disse que não ia aparecer nas fotos não. Então ele ficou encarregado de tirar as fotos e eu e o Heitor fomos conhecê-las. Depois de pouco mais de 30 minutos encontramos Cinderela, Bela Adormecida e Bela. O Heitor estava meio enjoadinho (sonolento) e não deu muito papo para elas não.


Saímos rápido de lá para encontrar um bom lugar para assistir o Electrical Parade e parece que todas as pessoas que estava no parque o dia todo se concentraram em frente ao castelo, nós chegamos 1 hora antes e conseguimos um bom lugar (enquanto eu fiquei guardando lugar o Vitor foi ao Piratas do Caribe), mas as pessoas não paravam de passar.
 
Passamos o tempo brincando e o Heitor aproveitou para jantar ali mesmo. Logo o Vitor chegou e ficou conosco, e simplesmente não parava de chegar gente. As pessoas não queriam ficar esperando, mas queriam um bom lugar (impossível ter as duas coisas). Quando mandaram todo mundo sair do meio porque a Parada estava começando, dois meninos simplesmente sentaram na nossa frente e quando o funcionário disse que eles tinham que chegar para trás ele queriam a que a gente chegasse para trás para eles sentarem na frente, e a mãe deles (que obviamente não tem educação nenhuma e também não deu educação nenhuma para os moleques) não falou nada, ficou quieta lá trás.
 
É claro que eu os mandei saírem da nossa frente e eles acabaram se apertando em outro canto perto de outras pessoas. A Electrical Parade enfim passou e ela é muito bonita, mas vou confessar que acabei não curtindo muito, o Heitor estava cansado, o lugar estava insuportavelmente lotado e nós acabamos ficando um pouco irritados com a falta de educação das pessoas...falta de educação alheio acaba com meu humor. Mas não posso tirar o mérito da Parada, é linda e a sininho vem no primeiro carro abrindo o espetáculo.

 
Com o fim da parada começa a movimentação do formigueiro. Chegamos um pouco mais para trás (onde estávamos não seria legal para ver os fogos que ainda viriam). O Vitor estava com fast pass para as montanhas-russas, mas não dava tempo de ir e voltar antes do show. Então nós sentamos e esperamos pelo Wishes. O show do fogos é lindo, muito bem feito, com uma qualidade própria da Disney. A Sininho aparece voando logo no início do show e os fogos são maravilhosos.

 
O Wishes terminou 9:10 horas da noite e de repente foi como se tivessem aberto a porteira da boiada, todas as pessoas resolveram sair juntas, ao mesmo tempo, sem nenhuma educação, sem ver quem estava do lado, empurrando os carrinhos de bebê. Nós estávamos no meio e seguimos um pouco o fluxo, mas logo encontramos uma rua lateral e entramos para fugir do caos.


Ficamos um tempão esperando (por volta de uns 40 minutos) e já estava bem mais tranqüilo para andar, achamos até que seria bem fácil chegar até o carro, seguimos então para a saída e tomamos um susto...quando atravessamos o prédio que fica na entrada do parque nós vimos que todas as pessoas que antes estavam dentro do parque tentando sair agora estava do lado de fora tentando entrar no monorail, tinha tanta gente que as pessoas nem se mexiam...rsrsrsrs.

Demos meia volta e fomos atrás de um doce para adoçar nossa vida. Rsrsr. Compramos água, refri e um chocolate, ficamos enrolando mais quase 1 horas até que fosse possível sair do parque. Nada mais estava funcionando a não ser meia dúzia de lojas e restaurantes. Quando saímos ainda ficamos uns 20 minutos na fila do monorail e acreditem ou não nós levamos 2 horas desde a hora que acabou o show até a hora que conseguimos entrar no carro.
 
Essa maratona final foi completamente exaustiva e já mudamos nossos planos para a semana... era impossível pensar em voltar em dia de Wishes, só voltaríamos no Magic Kindom durante a semana em um dia sem show. Chegamos no hotel acabados.

Um comentário:

  1. E bom relembrar as estorias infantis,principalmente Peter Pan

    ResponderExcluir